10/05/2009

Amo muito tudo isso

Noite perfeita, amigas perfeitas. Filme, chuva, árvores. Casinha no fim de um loooongo terreno. Estrelas, cadeiras lá fora e calor. All star, tintas, calças jeans. Música, muita música. Tudo como um curta-metragem. Conversas, ideias. Planos para o futuro, talvez.
Cachorros e gatos correndo pela casa. Praia, ondas. Combinação perfeita. Rua vazia, sorrisos, suor. Tudo isso em uma noite.
De manhã, de volta para casa. É correr, abraçar, e gritar: "Feliz Dia das Mãães".
Antes disso, no carro, tudo girando. O céu azul, pequenas nuvens como se fossem de algodão. Curvas, casas, bois e vacas. Crianças com o típico cabelinho amarrado, vestidinho rosa, e a mãe. Mãos grudadas, tecnicamente. E Tudo isso aqui. Bem do meu lado. Na palma da minha mão. Meu mundo. É onde eu quero viver. Onde desejo ficar quando me sinto vazia. Minha vida. E depois de muitas risadas, o fim. Sempre o fim.

4 ideias geniais:

Vássia Silveira disse...

Clara, adorei seu texto! Tem ritmo, poesia, beleza, muito sentimento e ainda um pouquinho de filosofia! (É muuuito bom fazer parte do seu mundo).

Archibaldo Antunes disse...

Clara, que pena não poder fazer parte desse mundo. Mas saiba que numa galáxia distante, um ET chamado Papai está acompanhando a sua evolução pessoal.
Vc está escrevendo cada vez melhor e isso dá um baita orgulho na gente. Pra ser perfeita mesmo, só faltava ser corintiana.
Te amo muito.

Flávia Souza disse...

(:


o fim. Odeio o fim.
Mas pra algumas coisas eu torço pra que ele chegue logo!

Rita Braga disse...

Hii!
estava passando por aqui e adoreei, na verdade eu me identifiquei o q é melhor ainda, All Star *-* me mataaaa! Adorei o q vc escreve! Passarei sempre por aqui, visita o Quartinho, vc vai gostar tbm!

BeijOs!